segunda-feira, 30 de setembro de 2013

HISTÓRIA DA MÚSICA GOSPEL: ÓZEIAS DE PAULA


 
  Em 23 de Abril de 1951, na cidade de Muriaé – Minas Gerais, nascia Ozeias Moura de Paula. Filho do Pr. Antonio de Paula e Doracy Moura de Paula. Nessa cidade seu pai foi o fundador da Igreja Evangélica Assembléia de Deus, o mesmo exerceu o ministério pastoral ao longo de mais de cinqüenta anos deixando como legado aos filhos a dignidade do Ministério que exerceu. Ozeias foi o sétimo filho do casal, uma criança que seria alvo de milagres e haveria de ter uma vida separada por Deus para o Seu louvor.           
     
Desde a Infância aprendeu em casa o valor do louvor. Aos dois anos de idade o pequeno Ozeias veio a sofrer convulsões epilépticas e o diagnóstico dos médicos era que a doença o perseguiria a vida inteira. Seu pai, então, chamou a mãe Doracy e os seus irmãos para intercederem ao Senhor por um milagre levando-o ao templo. Depois de horas de oração repreendeu em o Nome de Jesus aquela enfermidade. Nunca mais Ozeias foi acometido por epilepsia e todos glorificaram e glorificam ao Senhor pelo milagre alcançado.   

     A família foi formada tendo o culto doméstico como base. Todos os dias havia um culto onde os pais davam aos filhos o ensino bíblico e o exercício da fé em Jesus Cristo. Já com cerca de seis (6) anos de vida surgia a voz infantil do menino Ozeias cantando com seus irmãos e formavam uma família que louvava ao Senhor. Já se destacavam Otoniel e Oziel que ainda cooperavam no Departamento de Jovens e na Evangelização.
     Ozeias de Paula, na verdade, começou cantando no coral da Igreja Assembléia de Deus em Santo Aleixo - RJ aos dez (10) anos de idade. O maestro era o irmão Álvaro, hoje pastor. A voz de Ozeias se diferenciava porque possuía o timbre mais agudo que os demais coristas de voz masculina. Contudo o maestro Álvaro soube tirar proveito, preparando uma voz que dali iria sair para servir, abençoar, salvar e alegrar vidas e, sobretudo, louvar a Deus!
      Dos seus irmãos todos são de especial importância, mas os pastores Otoniel e Oziel  de saudosa    memoria    se destacam, pois eles em 1969 foram usados por Deus para empreenderem viagem ao sul, norte e nordeste, do país, com seu violão. Chegando a Recife - PE, a convite do saudoso Pr. Isaque Martins Rodrigues. Depois de várias apresentações e Cruzadas de Evangelização ouvem o saudoso Pr. Isaque dizer: “Gravem o Ozeias!”. Para isso o Pr. Isaque vendeu o seu carro novo, de luxo, e entregou o dinheiro para que a gravação de Ozeias de Paula se realizasse. Com este recurso foi possível lançar o Long Play “Oásis do Amor”, com letras e músicas de Otoniel e Oziel, e do próprio Ozeias de Paula e do Pastor Antonio de Paula e outros. Otoniel e Oziel se destacavam na música sacra naquele tempo como dupla evangélica, hoje se diria gospel, e foram pioneiros desse gênero evangélico no Brasil. Eles sobressaíram como líderes da juventude evangélica e como evangelistas na realização de cruzadas em todo o Brasil.
      No ano de 1972 ele estava recebendo o troféu de revelação do ano da Rádio Copacabana e do programa Peça o seu Hino Preferido, no Estádio do Maracanãzinho.
      Em 1973 grava o LP Cem Ovelhas que marcaria a sua carreira musical com uma aceitação que atingiu o Brasil inteiro, trabalho que reunia em um só Long-Play musicas que passaram a fazer parte da nossa historia e da vida de cada evangélico, influenciando gerações e estilos, deixando seu nome gravado para sempre. Em 04 de junho de 1973 um grave acidente o deixou em coma por vários dias e fraturas por todo o corpo, socorrido no hospital Evangélico de Curitiba – PR, ficando hospitalizado por um ano. As Orações de todo povo evangélico resultou em mais um milagre em sua vida.
      Ao som de suas musicas muitos foram inspirados a cantar, encontraram alento, consolo, edificação espiritual e fé. Alguns casais de namorados usaram a canção “É assim que eu te amo” como uma forma de expressar seus sentimentos.
     Sua trajetória tem sido marcada por milagres, vidas transformadas pelo poder de Deus. Seu louvor atravessou fronteiras, ganhou as Américas, Europa, Japão, África, e muitos outros lugares do mundo. Acima de tudo o Cantor Ozeias de Paula tem louvado o nome do Senhor Jesus, levando a preciosa semente através da musica com honra e dedicação a Deus.  
     Hoje, Ozeias de Paula ao lado de Suilã Gomes de Paula, sua  esposa, produtora musical e ajudadora incansável, continua seu ministério e carreira buscando manter sua origem que marcou o seu estilo e acima de tudo não deixa de buscar inspiração e unção de Deus para abençoar o publico com seu repertorio de louvor a Deus.
     Nesses 40 anos de carreira muito Deus operou através do seu louvor.
     Pastor Joanyr de Oliveira faz o seguinte comentario:Ozeias de Paulaeis aí um autêntico intérprete da nova geração. Sua voz melodiosa e sua mensagem enfatizam o amor de Cristo e adverte para os perigos da estrada (“Hey amigo, veja bem o seu caminho/está cheio de espinhos....” ), ecoa e se assenta nos corações para deles não mais sair. Ozeias de Paula é um dos nomes mais representativos da música religiosa que sabe ser jovem sem cair no excesso, no mau gosto, nos turbilhões de ruídos selvagens. O estilo por ele cultivado promete-nos a música religiosa autenticamente brasileira que começou a delinear-se. A música que desejamos isenta das influências Nórdicas, Britânica ou Norte-Americana (aquelas mais presentes nos hinários tradicionais das Igrejas Evangélicas, esta última a marcar muitas das composições modernas), o que evidencia, também em nossa área, um colonialismo cultural que o Brasil, potencia emergente, não pode suportar em silêncio."
     As letras dos hinos cantados por Ozeias de Paula estão também voltadas prioritariamente para os jovens. Os dilemas, os descaminhos, as dores de uma juventude sem Cristo são lembrados por ele para que os distanciados se lembrem de que fora de Jesus não há salvação.
    Ouçamo-lo! Sejamos moços ou não, receberemos todos o nosso quinhão de alegria – porque ele é digno de ser ouvido e de ser amado.
    Pastor Joanyr de Oliveira – jornalista e poeta (o mais laureado evangélico em língua portuguesa)”.
    Fica aqui registrada minha gratidão àqueles que fizeram esta história comigo, que são: Compositores, Arranjadores, Maestros e os Músicos. Ao Edison Coelho que alem de compositor é o meu companheiro de longos e inesquecíveis momentos poéticos, e eu tenho a honra e felicidade de ser seu interprete. Aos pastores e lideres, e a todos que promovem a dinâmica do movimento gospel e ao querido povo de Deus que me tem dado apoio. A todos o meu mais profundo muito obrigado.
CLIPE

Discografia

Ano de Lançamento Título Gravadora
1969 Oásis do Amor
1971 Gozo da Salvação
1973 Cem Ovelhas Grav. Ev. Estrela da Manhã
1974 Sou a Triste Ovelha
1975 Canto Aleluia Grav. RDE Music
1976 Depois da Chuva
1976 Ozéias de Paula e a Harpa
1977 Dependo de Jesus Grav. Ev. Bandeira Branca
1977 Paz na Terra
1978 Jóia Infinita
1979 Entrei no Templo Grav. Ev. Bandeira Branca
1979 O Amor é Tudo Grav. Ev. Bandeira Branca
1980 Quando Voltares
1980 Eu e Jesus
1981 Devo Ser
1981 De Braços Abertos
1982 Viva com Deus JUERP
1983 Tens BMG ARIOLA
1984 Minha Alegria Grav. Barclay Discos
1985 Grandes Momentos
1986 Paz e Comunhão
1987 Com Amor Grav. Polygram
1988 Louvores Inesquecíveis I
1992 Mais que Vencedor Line Records
1998 Ao Vivo
1999 Louvores Inesquecíveis II
2000 Há um Caminho (Disco 'Paz e Comunhão' relançado pela BomPastor com outro título)
2001 Confidências
2002 Louvores Inesquecíveis de Otoniel e Oziel, Vol. 1
2002 Louvores Inesquecíveis de Otoniel e Oziel, Vol. 2
2003 Cem Ovelhas e as Melhores
2004 Louvores Inesquecíveis III
2005 Ao Vivo Na Paraíba
2011 Instrumento