terça-feira, 28 de março de 2017

O POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE!

Vivemos a época do seria cômico se não fosse verdade. Em quanto o atrapalhado do Temer serve carne importada alegando salvar a carne brasileira. Na Paraíba é organizada uma festa com dinheiro público que por sinal, é alardeada aos quatro ventos que não existe, para recebe o maior chefe de quadrilha do Brasil e sua laranja. A ridícula alegação que é a inauguração popular de uma obra já inaugurada a uma semana atrás. Se a moda pega vamos ter a inauguração popular de todas as inacabadas obras federais (Que não são poucas , basta dar uma volta na UFPB) pelo Brasil enquanto um povo idiotizado se estapeia por ideologias políticas.
A velha máxima que diz: “O problema é o brasileiro não o Brasil” é cada dia mais verdade. Enfrentamos a pior reforma previdenciária do mundo com parcimônia e calma. Damos de merenda escolar carne podre e frango com papelão. Temos um presidente decorativo que tudo se resolve com um almoço ou suntuosos jantares.
Temos um governador que pilha a capital de obras( Numa eterna guerra com o prefeito da capital) e no interior fecha escolas, massacra servidores públicos pagando menos que um salário mínimo e nomeando comissionados analfabetos funcionais para instituições publicas pelo estado.
O judiciário faz acordos sem nem esconder mais, e quando a impressa denúncia é taxa de burguesa e seletiva. Nas igrejas a grande maioria dos líderes são amordaçados com patrocínios ou cargos para parentes nas prefeituras de nossa nação. O povo já adotou que é melhor roubar e fazer do que nada fazer.
Nossa educação virou um centro de doutrinamento partidário, a cultura virou um verdadeiro centro do lobby gay e o trabalhador para sobreviver tem que se prostituir por salários baixos e explorativos. Nas prefeituras a nova agora é não pagar o terço de férias , como se não bastasse trabalhar sem receber até os direitos básicos são negados.
Caminhamos para dias difíceis. Quando o povo ovaciona um governo que deixou 3 milhões de desempregados, enriqueceu sindicalistas e transformou Ongs em comitês de distribuição de pão e mortadela ficamos a pensar. O povo tem o governo que merece.
Yndrews Filliph

ENQUANTO DISCUTIMOS SOBRE A AXILA DA MULHER MARAVILHA

Que século mais careta e idiotizado que vivemos. Estou fardo do contexto tão mimi que vivemos chegamos ao ponto de discutir que a Mulher Maravilha não pode representa a mulher do século XXI por que ela depila a axila. Vivemos na ditadura cultural do vitimismo. O resultado disso é que vivemos a pior produção cultural em séculos. Um programa como Os trapalhões hoje receberia milhares de processo só na primeira semana de exibição, chegamos ao cúmulo de proibir as clássicas machinhas de carnal. Oras vão encher o saco de outro ou buscar conquistas relativas. Não posso dizer que a situação é preta por que ofendo negros, não posso chama de amarela por que ofendo os chineses, não posso chamar de azul por que posso ser processado pelos Blue Time da Tim que saco!
De tanto mimi já colhemos uma produção cultura politicamente correta e sem graça. Qual foi a grande música lançada que nossos filhos ainda cantarão? Qual o grande livro entrará para os clássicos? O cinema só recicla a década de 80 e pensamos... Quando teremos outro Matrix ou um novo :E o vento levou? Qual é o grande humorístico que será reprisado com saudade ?
Eu respondo nenhum. Vilão de HQ não bate em mulher nem ameaça criança por que ofende minorias. Ai respondo. Puxa ele é um vilão seu demente. Ele não dar flores nem te convida para jantar . Ele quer conquista o mundo e destruir os fracos. Tá lá na jornada do antagonista. Tiraram a propaganda do Habbis do ar por que ofendia o Mac Donald nossa a empresa tem sentimentos mimimi ....Oras vai arrumar uma lavagem de roupa! Quem viveu a década de 80 sabe como dava prazer ver comercial (Vide a briga Pepsi e Coca Cola)
Enfim é um saco! Que século irritante e mais sem graça! Mas enfim o que espera de uma geração que diz que um vaso sanitário sujo de fezes exposto em um museu é arte progressista.
Yndrews Filliph

quinta-feira, 23 de março de 2017

AMBIENTES TÓXICOS : COMO ELES SÃO FORMADOS?

Continuando nossa série hoje iremos tratar como são formados os ambientes de trabalhos horríveis de se trabalhar.Diversos fatores formam um ambiente assim  no entanto alguns fatores estão sempre presentes. Vejamos alguns:

Chefes desequilibrados : Chefes viciados em trabalho que são pessoas que não conseguem separa o trabalho de sua vida são um dos principais fatores de criação de ambientes assim. São pessoas com transtornos narcisistas, que enxergam pessoas como propriedade privadas deles que deveriam viver exclusivamente para a empresa causam transtornos na vida de funcionários e na saúde deles. Chefes assim inclusive querem que você adivinhem o que se passam na suas cabeças e conserte suas decisões perdidas.

Fofocas no ambiente de trabalho: Nada torna um ambiente de trabalho tão tóxico como as fofocas e disse me disse. Pior ainda quando chefes baseiam suas decisões no que fulano disse de cigrano. Pior é estimula o ambiente de fofoca elegendo o cabueta da vez. Além de torna a empresa um lugar inseguro destroi as relações.

Procedimentos e regras confusas e que mudam: Cada setor de um ambiente de trabalho  tem suas atribuições, regras e procedimentos. Trabalhar em um lugar que a todo mês muda as regras de estocagem , cobrança e envio de documentação vira um inferno inconstante. São muitas empresas desorganizadas nesse sentido. Todos são desestimulados e se sentem regidos por pessoas que não sabem o que fazer.

Ambiente de gritos e desrespeito: Ambiente que as pessoas levam gritos, são humilhadas e lebradas constantemente que vão perde os empregos são lugares nebulosos. Piora ainda quando pessoas querem passar por cima de outras.por cargos e salários.
O que fazer. Paul White em seu livro "Não aguento meu emprego"  recomenda:
Ouça seu corpo: Não comprometa sua saúde por um contracheque gordo. Saiba a hora de sair.
Busque perspectiva:Procure pessoas sabias e ouça novas formas de encarar os passos que você vai dar.
Enfrente seu medo: Confronte eles, reúna a coragem.
Não se curve: Use o bom senso aqui. Veja se vale a pena comprar a briga ou questiona ela.


quarta-feira, 22 de março de 2017

PAUL WASH SOFRE ATAQUE CARDÍACO

O missionário americano, Paul Washer, sofreu um ataque cardíaco ontem à noite. A notícia está na página dele no twitter (https://twitter.com/paulwasher ) e na página do HeartCry Facebook.  O estado de saúde dele nesta manhã está estável.
A página do HeartCry Facebook diz que, “Ontem à noite, Paul sofreu um ataque cardíaco. Ele está em estado crítico, mas estável neste momento. Mais atualizações para seguir aqui e em sua conta no Twitter”.
Em seguida o responsável pela postagem pede: “Por favor, orem por ele e para sua família!” A HeartCry é uma sociedade missionária com uma grande e imperiosa paixão: a de que o nome de Deus é grande entre as nações (Malaquias 1:11).
A direção da VINACC pede que os irmãos intercedam pela recuperação de Paul Washer e pelo confortar do Senhor aos amigos e familiares do mesmo.
Por: Gomes Silva
Redação: Consciência Cristã News

TUDO DARÁ CERTO!

Certa vez, conversando com um treinador de futebol das categorias de base, ele se queixou que muitos adolescentes não persistem nos seus sonhos. Mesmo estando entre os melhores, não suportam a frustração de serem substituídos num treino ou num jogo.
Foi daí que recebi um convite para fazer uma palestra. O objetivo foi motivar os jovens a não desistirem. Eis algumas palavras que levei entusiasticamente àquele grupo:

 - Se o técnico não te escalou, pode até ser que ele não está acreditando na sua capacidade. Mas o que importa é você acreditar em si mesmo. Persista, e ele te verá com outros olhos. E, se não te ver com outros olhos, pense nos observadores sentados lá no fundo da arquibancada. Podem ser “olheiros” dos clubes concorrentes, ou até mesmo gringos que vieram lá da “Gringolândia” para te contratar.
- O Dario Peito de Aço, o Dadá Maravilha, o Dadá Beija-Flor, colecionador de tantos outros apelidos carinhosos, começou a careira persistindo até o técnico quase não aguentar. E, por não deixar de acreditar em si mesmo, brilhou na seleção brasileira, no Atlético e em dezenas de clubes por onde passou.
Aquele treinador com quem conversei, ao descrever o perfil dos jovens atletas, comentou que a desistência ocorre justamente quando o garoto está pronto para brilhar. Mas basta uma substituição e a autoestima arria de uma vez.
O mesmo se pode dizer sobre os concursos. O estudante pode estar bem preparado; mas basta experimentar a reprovação por um ponto para desistir. Ora, pensemos nos muitos pontos acertados até faltar apenas um. No próximo concurso a aprovação é quase certa.

Enfim, seja no esporte ou nos concursos, persista e pense naquela frase do Fernando Sabino: “No final dá tudo certo. E se não der certo é porque ainda não chegou no final”.
JOSÉ ROBERTO
FONTE: FOLHA DIRIGIDA

OS CONCURSOS DE 2017

A instabilidade política e recessão financeira vivida pelo Brasil vêm causando desconfiança em muitos concurseiros no que diz respeito à realização de certames públicos neste ano.

Apreensão não muito diferente da provocada pelo anúncio de cortes no orçamento do Governo Federal ainda em 2015. Ou ainda pelas incertezas surgidas com a divulgação da PEC 241/2016, que propôs controlar o aumento de despesas por até 20 anos. Notícias divulgadas de forma precipitada sobre o universo dos concursos costumam assustar os candidatos desatentos e impulsivos que buscam vagas no serviço público. 
No entanto, quem possui experiência na área e conhece bem o mercado sabe da necessidade constante de novos profissionais no quadro efetivo do funcionalismo público. E para quem mantém um ritmo de preparação adequado, sempre haverá novos desafios e vagas a serem conquistadas.

Contrariando as perspectivas negativas, o ano de 2017 já começou com boas oportunidades na área jurídica e também para tribunais. Há opções de nível médio e superior tanto na esfera estadual quanto federal. 
Logo no início de janeiro, o Ministério Público de Minas Gerais publicou edital de concurso para promotor de justiça substituto. A seleção conta com 40 vagas e remuneração superior a R$ 26 mil. A prova objetiva está marcada para 2 de abril. 
A Defensoria Pública do Estado do Paraná publicou, em fevereiro, edital com 13 vagas para o cargo de defensor público. Os aprovados serão remunerados em R$ 14.294,12 mais benefícios.
Nas vésperas do Carnaval, foi anunciado o concurso do Ministério Público do Rio Grande do Norte. O certame oferece 32 vagas para os cargos de técnico administrativo e analista em diferentes especialidades. As inscrições estão abertas até 11 de abril e as provas serão aplicadas em 7 de maio de 2017.
Outra boa notícia foram as 100 vagas abertas pelo Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR). As oportunidades são para técnico judiciário, com exigência de nível médio, com remuneração inicial de R$ 5.516,51, mais auxílios.
Além desses, também estão em andamento os concursos para Cartório do Rio de Janeiro, Promotor do MPRS, Procurador do Município de Fortaleza, Juiz do TRF da 2ª Região, Técnico e Analista do TRE/PE, entre outros.
Estamos apenas no primeiro trimestre do ano de 2017. E já deu para perceber que haverá sim concursos públicos neste ano. E as oportunidades não param por aqui. Há expectativa de outros lançamentos de certames e abertura de mais vagas para diferentes cargos e carreiras.
Entre as seleções previstas, podemos citar o Ministério Público do Trabalho (MPT). O órgão publicou na edição do Diário Oficial da União a autorização para abertura do 20° concurso público de provas e títulos para o ingresso na carreira de procurador. Com a aprovação, o edital de certame não deve demorar a ser divulgado.


Outra oportunidade à vista é concurso do Ministério Público da União (MPU). A comissão responsável pelos trâmites para a  escolha da banca organizadora e dos detalhes para a divulgação do edital já foi divulgada. A Lei Orçamentária Anual 2017 já previa a contratação de 681 novos servidores para o MPU. Além disso, existem 1.762 cargos vagos no órgão. O certame deve oferecer oportunidades para os cargos de analista e técnico.
Cresce também a expectativa para o concurso do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), com jurisdição nos estados do Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe. Segundo o texto base da LOA, está prevista a realização de concurso público em 2017 para os cargos de técnico judiciário, analista judiciário e juiz federal substituto.
Além da validade do último certame do Tribunal de Justiça de São Paulo expirar em maio deste ano, o que reforça a necessidade de novo certame, o presidente do órgão confirmou a intenção de lançar edital em breve para o cargo de escrevente. O último concurso TJSP para escrevente foi realizado em 2014, pela Fundação Vunesp, para as comarcas da 1ª Região Administrativa, que engloba capital e região metropolitana. Com oferta inicial de 471 vagas, o certame convocou 1.711 aprovados. Mais de três vezes a oferta inicial! 
Diante deste cenário promissor, resta ao candidato manter o ritmo de estudos e não se deixar abalar por boatos e perspectivas negativas sobre a oferta de concursos. A preparação antecipada e contínua ainda é a melhor maneira de estudar para certames e conquistar a tão sonhada aprovação. Seja neste, ou nos próximos anos.
 RENATO SARAIVA
FONTE: FOLHA DIRIGIDA