sábado, 8 de fevereiro de 2014

EM NOME DO MODERNO NA IGREJA

  
  Em nome da modernidade o povo cristão tem perdido sua identidade.A grande alegação do não cristão era que nos éramos soberbos e “metidos” a santos por afirmarmos sermos salvos e pessoas em processo de santificação.No entanto tudo que afirmamos é o que as escrituras afirmam que somos santos por que Deus é santo e estamos salvo pela graça dele.Santidade em seu amago exige ser separado e diferente no entanto perdemos nossa identidade de separação.Nossos aniversários são festejados com bebidas pelos nossos parentes como se nossa fé não fosse válida,nosso estilo de vida é igual a um ímpio,ouvimos as canções deploráveis e participamos de todas as festas desse mundo.Não nos espantamos mais com o sensualismo na igreja,com crentes falando palavrões ,trapaceando e dando calotes.Achamos tudo normal e moderno.Quando morremos nossos parentes celebram rituais litúrgicos totalmente diferente de nossa fé como se nunca tivéssemos professado o cristianismo protestante em nossos velórios .
Isto acontece por que nem nossos parentes nos tem como referência quanto mais os outros.Não é questão moderno ou antigo .O evangelho não fica velho ou precisa ser atualizado ele precisa ser vivido.Adote a santidade como estilo de vida.
Yndrews Filliph