domingo, 13 de julho de 2014

FILME DA SEMANA: NEED FOR SPEED

CRÍTICA
Need for Speeed é uma franquia bem conhecida nos games. É de admirar que um game com uma premissa tão simples nunca tenha virado filme antes. Ao contrário de seu semelhante (Velozes e Furiosos) o filme tem uma história bem mais consistente. As cenas e as pistas fazem referências exatas ao game e tem uma boa jogada de câmera.O filme é bem cheio de ação e não deixa de ser um verdadeiro tributo aos fãs do jogo que verão muitas referências.Nota 8

TRAILHER


SINOPSE
Tobey Marshall (Aaron Paul) herdou do pai uma oficina mecânica, onde, juntamente com sua equipe, modifica carros para que se tornem o mais rápido possível. Além disto, Tobey é um exímio piloto e volta e meia participa de rachas. Um dia, o ex-piloto da Fórmula Indy Dino Brewster (Dominic West) o procura para que Tobey possa concluir um Mustang desenvolvido por um gênio da mecânica que já faleceu. Apesar das divergências entre eles, Tobey aceita a proposta por precisar muito do pagamento oferecido por Dino. O carro é concluído e posteriormente vendido. Entretanto, a velha rixa entre eles faz com que disputem um último racha, que conta ainda com a participação de Pete (Harrison Gilbertson), grande amigo de Tobey. A corrida termina em tragédia devido ao falecimento de Pete. Considerado culpado pela morte, Tobey passa dois anos na prisão. Quando enfim é solto, ele organiza um plano para que possa participar de uma conhecida corrida do submundo onde Dino também correrá.