sábado, 2 de janeiro de 2016

Workaholismo: Quando vivemos para trabalhar!

O sistema de trabalho que vivemos é escravista e pouco estar interessado na qualidade de vida dos trabalhadores. Cabe a cada um se policiar.Não existe mais respeito a sábados e domingos e cada dia o horário de almoço é diminuindo cada vez mais.Resultado: Vivemos numa geração que tem sacrificado tudo pelo trabalho. Família, igreja, saúde, descano ficam em segundo plano.Resultado se tornamos cada vez mais o trabalho e não os praticantes. A ciência chama isso de Workholismo pessoas viciadas em trabalho. O trabalho não foi feito por Deus para você viver nele mas sim para viver dele. Isso não isenta que você não faça seu serviço com qualidade mas no momento que você sair do trabalho ele tem que ficar lá.E como sei que o trabalho estar me viciando, segundo UOL Economia: 
*Meu assunto só é sobre trabalho
*Minhas amizades só são pessoas do trabalho ou ligadas a empresa
*Levo trabalho para casa
*Fico vendo email institucional em casa
*Minha mente não desliga do trabalho mesmo na folga
*Não priorizamos mais saúde,família e amigos
*Não respeitamos atestados nem licenças
*Ficamos agoniados quando não estamos na empresa
A solução é você começar a rever sua vida profissional , identificar se este trabalho vale a pena ou o estar adoecendo, admitir o problema do vício, reavaliar sua qualidade de vida. E saber que férias é férias.Que Deus possa nos dar equilibro e sabedoria !

Yndrews Filliph