sábado, 8 de agosto de 2015

UM INIMIGO INVISÍVEL NO CASAMENTO!


  Muito se fala que os casamentos não estão durando ou muito tem recebido seu valor devido. Ontem mesmo em mais uma de suas frases escritas em guardanapo para os personagens de uma novela globoal uma senhora defendia o divorcio como a única forma de felicidade em um lar que as pessoas perceberam não ser mais compatíveis. Ninguém se dar ao trabalho de tentar salvar algo. Enquanto isso a igreja investe em energia e recursos em assuntos que são importantes mais não a origem do divorcio como brigas, amizade, companhia quando a maioria dos casamentos estão sendo destruídos por um inimigo silencioso chamado a “falta de companheirismo”.
  A inexistência do companheirismo têm destruído os casamento pois cada um está envolvido em seus próprios interesses. Cada um quer sucesso profissional, individualismo em suas coisas  e objetos, a falta de maturidade e a apropriação da seriedade que é um casamento. Quando o filho chegar ele se torna o centro do amor do casal que passar a conviver apenas para criar a criança mais seu companheirismo se foi.

  Ser companheiro não é segurar a mão na rua ou postar uma foto feliz no Instagran, nem muito mesmo dormi na mesma cama. Ser companheiro é dividi as lutas, contas, tristezas e projetos .É sonhar a família junta, querer ser parte um do outro. Não é preciso gosta do mesmo mais ser companheiro do que existe de comum. Sem companheirismo  não existe as demais coisas não existe amor, sentimento ou paixão quando apenas um andar sozinho. Quem sonha sozinho em seu casamento já está divorciado em mente. A traição matrimonial vai além do que pegar outro em seu leito. Ela começa ai. Deixe em seu casamento o seguinte verso: “Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?”(Amos 3.3)